quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Sobre príncipes e sapos!


"E chega! Há anos peço o príncipe e só me mandam o cavalo."
Tati Bernardi

Príncipes não existem.
Você deve estar pensando: “Com que autoridade ele diz isso?”
Com a autoridade de que eu já fui chamado de príncipe e olha, pelo que conheço de mim mesmo eu to mais pra um sapo melhorado e ainda assim cheio de defeitos e esquisitices. Mas príncipe? Ah não! Isso já é muito.
Qualquer pessoa em sua existência sã procura os tais príncipes e princesas da vida real. Eles sempre com uma beleza exemplar, corpo escultural e uma fala poética na ponta da língua fazem parte dos nossos sonhos noturnos e vontades diurnas.
Sabe, no começo você até acredita que eles existam de verdade. São perfeitos! Sim, extremamente reluzentes e só falta o tal do cavalo branco pra complementar tudo. Ele tem tudo certo, no lugar certo e na hora certa. Porém, com o tempo você vai descobrindo que seu príncipe tem uns toques de sapo que você outrora nem imaginava que existia e o seu cavalo branco anda mais manco que a mula do tio Zé. Contudo, eu armo um contraponto nessa questão do nosso conto de fadas.
Será que seria tão bom assim ter um príncipe?
Eles são perfeitinhos demais, certinhos demais, lindinhos demais! E saiba meus caros, tudo que é demais realmente, SOBRA. E essas coisas tão perfeitas assim nunca fizeram parte dos meus desejos ocultos.
Príncipes enjoam.
Eu já tive alguns ‘príncipes’ em minha vida, ou pelo menos o que eu conheço de perfeição fazia parte de suas qualidades... Mas o engraçado é que esses nunca me prenderam nem me encantaram de verdade. Eu sempre gostei daqueles que esquentam minha coluna só com um toque. Daqueles caras que realmente são uns danados de uns sapos, filhos de uma mãe que nos faz tremer na base só com a possibilidade de você estar apaixonado por mais um deles. E com tudo isso, descobri que em minha vida toda nunca quis um príncipe. Os sapos são muito mais interessantes. Eles lançam idéias que você jamais imaginaria de um par! Os tipos ‘sapos’ são daqueles que te jogam em um plano todo maléfico que você não faz a mínima questão de sair. Fazem cada palavra soar forte, intensamente vivida em suas línguas, dramas, lições... São daqueles que te abraçam com o corpo todo e abalam suas estruturas, fazendo desmoronar qualquer edifício construído na rocha mais sólida. Eles são daqueles sinceros, que fala tudo doa a quem doer. São daqueles que te amolecem o gingado só pela simples forma de estarem lá, com aquele jeito largado, abandonado e que você está louco pra dar um beijo e quem sabe virar o tal príncipe! Não.
Eu não quero príncipes.
Os sapos são realmente muito mais interessantes.
- Mais uma vodka, por favor!

* Desculpem a demora para postar por aqui, mas agora começa a correria da semana de provas, aí fica mais complicado.
* MUITO obrigado a vocês que são leitores assíduos, sem vocês não teria porque eu expor meu céu particular.

21 comentários:

  1. Matou meu sonho!
    Sempre sonhei encontrar meu príncipe...
    E agora? Procuro sapos?

    ResponderExcluir
  2. Lindo, Jhony! Sempre preferi os sapos. Os príncipes são cheios de não me toque. Eu quero alguém pra tocar, seja com as mãos, seja com o coração. Beijooos!

    ResponderExcluir
  3. É realmente duvidosa a questão da existência do príncipe encantado, mas depois de toda essa explanação de conteúdo só me resta rezar para que um sapo apareça em minha vida, hahaha. lindo texto Jhonyzito, emuito bem humorado, adorei (: Beijos ;*

    ResponderExcluir
  4. Eu sou uma sapa, desde sempre @@' E com certeza, ser e querer um sapo é muito mais legal *-*. Lindo Jhonn!

    ResponderExcluir
  5. Como já diria minha ex namorada "Princípe encantado que nada, bom mesmo e o lobo mau , que te ouve melhor, que te ve melhor, e ainda te come!" sim vulgar,mas verdadeiro. De verdade o não importa se é principe ou sapo e sim que seja capaz de fazer você sentir as emoções mais ocultas que vc jamais teve coragem de liberar, pois no fim sapos e principes são a mesma coisa, seres remelentos que na primeira chance escapam de sua mão ou te deixam cegos por eles.

    ResponderExcluir
  6. Quem beija sapo, paga sapo e pega sapinho.
    Acho que o problema é a idealização. A idealização leva a isso... a vida é outra coisa...

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  7. Oie meu amor lindo..Saiba que para mim vc e principe...o mais lindo de todos eles..

    Concerteza os sapinhos são os melhores rsrsr..

    Te amo muito ♥ Meu principe..♥

    Como sempre seu texto e maravilhoso.

    ResponderExcluir
  8. Eh isso ai.

    sonhos noturnos e vontades diurnas

    muitos desejos, vontadas estereotipadas e tals, as pessoas esquecem que o mundi gira redondo mesmo com peças quadradas.

    querer demais é nunca ter o que se realmente quer, é a sindrome do perfeccionismo.

    t+

    ResponderExcluir
  9. Que lindo tudo por aqui! O post é bem real snif, snif!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. O mundo é praticamente uma lagoa... cheio de sapos.

    http://apenas-daniel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Que 'perfeito'!Post bem real e dá gosto de ler.
    te seguindo!=]

    ResponderExcluir
  12. Como dizia Nelson Rodrigues:
    Que me desculpem as feias, mas beleza é fundamental.

    ResponderExcluir
  13. rs, perfeição é algo tão chato e patetico, que logo enjoa, então acabamos mesmo nos apaixonando pelas imperfeições alheias, que com o amor acaba ganahado o nome de charme, rsrsrs... sua crônica é veridica, o mundo é cheio de sapos, alguns se disfarçam de principes mas no fim do dia voltam para a realidade e se vêem como são!... como sempre adoro ler o que escreves. E viva a todos nós, que somos querendo ou não: Sapos e Sapas, Principes e Princesas, de alguém!

    ResponderExcluir
  14. Amei o post! Todos criam rótulos para encaixar alguém em "sapo" ou "príncipe", como se o primeiro não pudesse ter qualidades e o último não possa ter defeitos. Não. Eu não quero príncipes. [2]
    Enfim, adorei o blog, tô seguindo! Beijos

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Amei seu texto,
    tenho um sapo do meu lado e estava procurando um príncipe...AFF...
    eu quero mais é meu sapo...
    estou te sequindo sempre hein...
    se vc gosta de cozinhar ou pelo menos comer dá uma passadinha no meu Blog,tem pouca coisa ainda,mas vai melhorar...rsrs
    http://reinventandoaculinaria.blogspot.com
    bjos... Lara

    ResponderExcluir
  17. " - Mais uma vodka, por favor."

    No fundo acho que ngm quer os tais príncipes. Alguns já chegaram na minha vida e mais cedo ou mais tarde eu os enxotei, com seus cavalos e ares de bom moço.

    No fundo, queremos alguém que toque algo em nós. E ai, príncipe ou sapo, podem ser apenas adjetivos insanos.

    Estava com saudade dos seus textos.

    Beijo grande, moço.

    ResponderExcluir
  18. eu já tenho minha princesa,
    que e a minha mulher e ninha filha,
    que sao lindas de mas.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  19. Adorei Jhonny!!!!!! Fantastico texto, queru tb encontrar um sapo e tb queru ser um sapo.

    Abracos!!!!

    ResponderExcluir